Estudos de Caso

Qualidade conduz montadora Chinesa, na rota de criação de um nome mundialmente famoso

Chery Automobile (Tecnomatix)

O Software Tecnomatix ajuda a Chery diagnosticar e reduzir defeitos de qualidade de projeto, alcançando significativa economia para cada problema encontrado antes da manufatura

China, em seguida o mundo

A Chery Automobile Co., Ltd. (“Chery”) foi fundada em 1997 por cinco empresas de investimento estatais com um capital inicial de RMB 3,2 bilhões (aproximadamente US$ 500 milhões). A construção da planta começou em 1997 e o primeiro carro saiu da linha de produção em 18 de dezembro de 1999. Em agosto de 2007 foi entregue o milionésimo carro da empresa, significando o sucesso da Chery na construção de uma marca Chinesa independente. Como exportadora de veículos de passageiros número um da China por sete anos, a empresa está agora no seu caminho para a criação de um nome mundialmente famoso.

Atualmente a Chery possui quatro marcas: Chery, Riich, Rely e Karry. Sua linha produtos inclui veiculos de passageiros, veículos comerciais e mini carros. Hoje tem a capacidade de produzir 900.000 veículos e motores, e 400.000 caixas de câmbio por ano.

Análise dimensional

Qualidade, que está intimamente ligada ao desempenho do produto, confiabilidade, conforto, estilo e desição de compra do cliente, está no cerne da competitividade da Chery. A empresa possui certificações ISO 9001 e ISO/TS16949 da Rhine. Nos últimos anos, iniciou outros procedimentos de controle de qualidade, incluindo o estabelecimento de padrões, rígidos controles de projeto e novos métodos e equipamentos de teste. Para especificamente abordar a qualidade do produto, a Chery implementou: 1) análise estrutural, avaliações de processos, avaliação de projeto de produto e processo, e teste do veículo completo durante o estágio de P&D; 2) controle e revisão do processo na fase de projeto; e 3) o uso de multiplos métodos de teste, análise de dados, e feedback no estágio de produção.

Análise dimensional é um dos conceitos avançados que a Chery implementou depois de ver quanto valiosa esta prática tem sido para plantas de montagem automotiva em países desenvolvidos. “Uma equipe de engenharia dimensional pode ajudar a melhorar a qualidade da carroceria do automóvel,” diz Wu, Shiqiang, diretor, Departamento de Tecnologia do Processo, Instituto I de Projeto e Planejamento da Engenharia na Chery. “Na fase inicial do projeto, eles podem analisar se os métodos de estrutura, posicionamento e montagem atendem às especificações técnicas e, finalmente, sugerir como otimizar esses fatores para melhorar a qualidade do projeto da carroceria.”

O primeiro método de análise dimensional da Chery foi baseado em cálculos de cadeia dimensional 2D, que podem ser imprecisos e não trabalham bem para produtos complexos como automóveis. Isso os levou a procurar um método melhor, o que acabou por ser o software Tecnomatix® com a sua componente Variation Analysis (VSA), uma poderosa ferramenta de análise dimensional usada para simular processos de fabricação e montagem e predizer os valores e as causas de variação.

“ Depois de avaliar um número de possibilidades, ficamos impressionados pela poderosa funcionalidade do Tecnomatix, vem como pelo fato de que a Siemens tem uma equipe de engenheiros na América do Norte dedicada à análise dimensional,” diz Shiqiang. “Sabíamos também que a Siemens têm colaborado com a Ford ao longo dos anos e acreditamos que poderia nos fornecer uma assistência valiosa. Essas são as razões pelas quais escolhemos o Tecnomatix.”

Prevendo problemas antes que aconteçam

A Chery utiliza o software Tecnomatix Variation Analysis para simulações de fluxo de trabalho de montagem e manufatura. O software executa o processo de montagem e constroi a cadeia dimensional para o produto virtualmente. Utilizando o princípio de Monte Carlo, ele determina erros dimensionais pós-montagem e analisa os fatores que causam os erros. “Isso nos permite avaliar e otimizar o projeto do produto, configurar a tolerância da peça, melhorar os processos de posicionamento e montagem, gerenciar e assumir o controle de erros de fabricação a jusante”, diz Shiqiang.

Tecnomatix é um sistema de simulação 3D. Ele cria um modelo 3D, que inclui distribuição de tolerância de peças e componentes, métodos de instalação e posicionamento, a seqüência de montagem, fixação de métodos, requisitos de precisão, e planos de medição e métodos. Ele oferece os resultados da análise de simulação que refletem de perto as condições reais de montagem de formas e relações complexas. Um fator importante para o sucesso do Tecnomatix nesta aplicação é que o software utiliza o JT™ data format leve. “A quantidade de dados necessários para representar um veículo completo é muito grande”, explica Shiqiang. “Ao usar o formato JT, Tecnomatix reduz os requisitos de memória em aproximadamente 70%, acelerando a resposta do sistema.”

“Desde o início, tivemos um ambicioso plano de melhoria da qualidade, incluindo a análise dimensional completa do veículo, semelhante ao que é feito na América do Norte”, diz Wu. “Desde a implementação do Tecnomatix, temos estabelecido gradualmente um abrangente processo de engenharia dimensional, começando com referência preliminar de análises e a definição de uma especificação dimensional técnica, através da montagem e simulação virtual em 3D, e controle de qualidade.” A equipe de engenharia dimensional é a principal responsável pela análise dimensional e o trabalho de controle de qualidade para todos os novos veículos, mas também trabalham com as alterações feitas nos modelos existentes.

Adicionar economia

A implementação do software Tecnomatix Variation Analysis e a engenharia dimensional sincronizada melhorou significativamente a capacidade da Chery de prever os problemas antes da produção. Por exemplo, um problema de montagem com os faróis de um veículo foi encontrado durante a análise. Resolver o problema no software antes dos moldes serem feitos economizou à empresa 1 milhão de Yuan (cerca de US$150,000) o custo de modificar um molde.”E, claro, isso também eliminou o atraso na fabricação”, diz Shiqiang.

A engenharia dimensional fornece uma plataforma de colaboração de gerenciamento da qualidade para engenheiros de diferentes departamentos na Chery, incluindo projeto de produto, engenharia, manufatura, desenvolvimento de disposito elétrico, inspeção de qualidade, e controle de qualidade. Até o momento, a Chery tem realizado a análise dimensional completa do veículo para um número de projetos e tem estabelecido um mecanismo de colaboração entre projeto de produto e planejamento de processo. A solução Tecnomatix tem permitido a empresa analisar, avaliar e otimizar veículos de uma maneira sistemática. “A ideia é resolver problemas no estágio inicial e minimizar o disperdício de tempo e dinheiro,” diz Shiqiang. Até agora, a engenharia dimensional tem sido utilizada para a classe de veículos de médio porte da Chery. No futuro, a empresa planeja expandir o seu uso em todos os modelos de veículos.

Close share layer

Share this page

Share this page through any of the following channels.

Bookmarking Sites

Communities

News

Blogs & Microblogs