Ir para o Conteúdo

Análise Modal

A análise modal é o estudo das propriedades dinâmicas de estruturas lineares com base em testes estruturais ou simulação baseada em análise de elementos finitos. Essas propriedades dinâmicas incluem frequências de ressonância (também chamadas de "frequências naturais" ou “frequências próprias”) e os modos estruturais (ou “modos próprios”). As propriedades dinâmicas dependem da massa, rigidez e distribuição de atenuação na estrutura, e determinam o comportamento de vibração estrutural quando expostas a cargas operacionais. Cada deformação de um sistema estrutural linear pode ser expressa como uma combinação linear de modos estruturais, que formam uma base vetorial ortonormal.

O teste modal combina a aquisição de dados com análise posterior. Em uma aplicação industrial, o processo completo geralmente é chamado de teste e análise modal ou análise modal experimental (EMA).

Os resultados do teste e da análise modais são usados em vários aplicativos de simulação e teste, incluindo cálculos de resposta de vibração, análise de causa raiz de problemas de vibração e detecção de danos, mas também para adicionar flexibilidade à análise de múltiplos corpos e acelerar a durabilidade e as simulações vibro-acústicas. Os cálculos baseados em modos são muito eficientes e permitem a avaliação eficiente de alterações estruturas como respostas de qualquer tipo.

Benefícios da análise modal

Análise modal através da análise de FE ou testes estruturais;
A análise modal executada através de teste estrutura ou simulação baseada em análise de elementos finitos ajuda você a:
  • Entender como uma estrutura vibra

  • Correlacionar e atualizar modelos de simulação

  • Acelerar cálculos estruturas, vibro-acústicos e de durabilidade

  • Incluir flexibilidade em modelos de simulação de múltiplos corpos